Quer conhecer o Chile? Mari e Tutu dão as dicas!


Em abril desse ano, após o término da minha licença maternidade, eu e meu marido tiramos férias e resolvemos fazer a nossa primeira viagem internacional com o Tutu.

Há um tempinho, antes até de eu saber que estava grávida, vínhamos planejando conhecer o Chile, e esse foi o destino escolhido por nós.

Sou formada em turismo e adoro planejar as nossas viagens, preferimos ver tudo por conta própria para ficarmos mais livres, acaba compensando mais que comprar um pacote fechado.

Para poder fazer vários passeios e conhecer os atrativos que queríamos sem pressa, decidimos fazer uma viagem mais extensa e ficamos 8 dias.

Conseguimos pegar as passagens aéreas da companhia Gol utilizando milhas que tínhamos acumulado.

Passagem ok, começamos a pesquisar pela hospedagem. Gosto muito de ver as indicações no Tripadvisor. Optamos por um apart hotel com preço excelente  localizado no bairro de Lastarria, pertinho do centro e dos passeios que seriam feitos a pé.

Faltando apenas alguns dias para a viagem fui atrás de saber quais documentos eram necessários para viajar com o nosso pequeno, foi então que vi que precisávamos tirar o RG dele.

Por sorte o serviço de emissão de RG no Poupatempo da capital é bastante ágil e conseguimos emiti-lo a tempo.

Passagem vista, hospedagem também, documentação ok, chegou o grande dia e partimos para o aeroporto.

O nosso voo saiu de Garulhos, numa segunda feira, as 20h45m, horário estrategicamente escolhido por ser mais ou menos quando ele geralmente dorme. 


Durante a decolagem, para evitar desconfortos, amamentei o meu pequeno, logo em seguida ele caiu no sono e dormiu durante todo o voo, que teve duração de 4 horas.

Fizemos uma caminha no meu colo e do marido e assim ele pode dormir confortavelmente.

Chegamos em Santiago por volta de 1h da manhã, fomos direto para o hotel e nos surpreendemos positivamente.

A diária havia custado apenas 150 reais e não esperávamos que o apart fosse tão bom. Ele era espaçoso, com cozinha bem equipada, banheiro grande e cama super confortável. Uma pena eu ter me esquecido completamente de tirar fotos. O nome é Altura Suites.

Dormimos muito bem e, no dia seguinte, logo pela manhã, fomos no mercado que fica embaixo do hotel para comprar algumas coisas como água e frutas para dar para o Tutu durante os nossos passeios.

Agora vou relatar um pouquinho sobre o nosso roteiro de viagem.

Dia 1 - conhecemos o Shopping Costanera Center, o maior de Santiago. Fomos até lá pois queríamos comprar roupas de frio para o Tutu. Recomendo fortemente uma visita na loja da  marca Baby Colloky, com roupas lindas e de ótima qualidade com um bom preço. Fiquei fã. Almoçamos no shopping mesmo e depois caminhamos pelo bairro aonde fica localizado o shopping, Providencia. De noite comemos na lanchonete Marilyn, pertinho do hotel. Muito boa, recomendo.

Dia 2 - conhecemos o lindo e moderno Centro Cultural Gabriela Mistral, que concentra galeria de artes, teatro, auditório, entre outras coisas. Bem bacana, vale a visita. Nesse dia era aniversário do marido e mesversário do Tutu e escolhemos um dos melhores restaurantes que conhecemos durante a viagem para comemorar.
 O nome é Bocanariz, tivemos uma experiência sensacional, a comida era muito boa (frutos do mar), fizemos uma degustação de vinhos excelente para harmonizar e tivemos um atendimento primoroso. De tarde caminhamos pelas ruas nos arredores do restaurante, que ficava bem próximo ao apart. 


Dia 3 - caminhada a pé pelo Centro histórico, levando o Tutu no carrinho de bebê. Conhecemos o Palacio de La Moneda, aonde fica sediada a presidência nacional, a Plaza de La Constitucion e o Congresso Nacional. Tivemos uma experiência muito bacana ao presenciar o cortejo do funeral do primeiro presidente do Chile pós ditadura militar, o clima entre a população era de grande comoção e a homenagem foi muito bonita, com uma passeata com direito a cantos e bandeiras hasteadas.  
Almoçamos no Mercado Central, que concentra vários restaurantes simples mas que valem a pena para quem é fã de peixes e frutos do mar.  A tarde continuamos o passeio a pé, agora pelo Parque Florestal, muito bonito e gostoso para quem está com crianças. 


Dia 4 - caminhada a pé pelo Centro Histórico, dessa vez conhecemos a Plaza de Armas, o Museu Histórico Nacional e a Catedral de Santiago. Almoçamos pelo centro mesmo e de tarde conhecemos o Cerro Santa Lucia, um morro belíssimo de onde se tem uma vista muito legal da cidade. Vale ressaltar que o Cerro contém muitas escadas e o elevador para PNE não estava funcionando, prejudicando a acessibilidade. Por sorte tínhamos deixado o carrinho de bebê no hotel. 


Dia 5 - alugamos um carro na Chilean Rent a Car e fomos conhecer a vinícola Montes, que fica no lindo Vale do Conchagua, cerca de 160 km, 2h de viagem de Santiago. Só pela beleza da paisagem o deslocamento já valeu a pena. Tivemos uma experiência surpreendente, a vinícola é maravilhosa, muito acolhedora e foge bem daquelas que são mais turísticas. Pudemos fazer o tour tranquilamente com Tutu, que estava no canguru, no colo do meu marido. 
Finalizamos com uma degustação muito boa de vinhos de excelente qualidade. Já exaustos, retornamos para Santiago no mesmo dia e ficamos descansando no hotel.




Dia 6 - fomos novamente no Cerro Santa Lucia, já era final de semana e estava tendo um festival de gastronomia latino americana bem legal, no estilo food truck. Passamos o dia lá e depois descansamos.

Dia 7 - conhecemos o Sky Costanera, atrativo que fica no topo do prédio do shopping que havíamos visitado no primeiro dia de viagem. Prédio esse que é o mais alto da América Latina.
O Sky oferece uma vista panorâmica e simplesmente maravilhosa de toda a cidade, nele é possível vislumbrar  de um lado a Cordilheira dos Andes e, do outro, o horizonte que nos mostra como a costa litorânea fica bem próxima de Santiago. Recomendo fortemente a visita, que foi guiada por um brasileiro com muito conhecimento sobre a história e geografia chilenas, sensacional. Depois fomos almoçar no restaurante Eladio, especializado em carnes, com uma comida deliciosa e atendimento de ótima qualidade, adoramos.



Dia 8 - tivemos a manhã livre para arrumar as nossas coisas, almoçamos no restaurante Tambo Perú, que fica na Rua José Victorino Lastarria, mesma rua do Bocanariz. Comida peruana de primeiríssima qualidade, com preço muito bom, ficamos fãs do restaurante. Após o almoço pegamos nossas coisas e partimos para o aeroporto. Chegava ao fim a nossa viagem.


O voo de volta saiu de Santiago as 16h, novamente amamentei o Tutu enquanto o avião decolava para que ele não sentisse desconforto. Durante o voo ele tirou um cochilo e, para distraí-lo, levamos alguns brinquedos. Ele se comportou bem e ficou tranquilo o tempo inteiro. 

Alguns pontos que eu acho que vale a pena serem ressaltados são a dificuldade de locomoção através de transporte público quando se está com bebês, algumas estações de metrô sequer possuem elevador, por vezes tivemos que carregar o carrinho de bebê e usar a escada mesmo.

O que acaba amenizando esse problema é o fato do serviço de táxi em Santiago ser eficiente e barato.
Estava bastante frio, e olha que fomos no outono, vale a pena levar roupas daqui mas vale mais a pena ainda comprar lá, a oferta de roupas de ótima qualidade e com bom preço é enorme.

Tutu se comportou muito bem durante todos os passeios que fizemos, foi um grande companheiro de viagem, dificilmente chorou e tirou vários cochilos no canguru, no colo do papai. 

Adoramos todas as experiências que tivemos durante essa viagem, gostamos muito do que conhecemos no Chile, já podemos dizer que é um país belíssimo, o povo é super acolhedor e é uma viagem deliciosa para ser feita com crianças ou bebês de colo.

Beijos, Mari @passeandocomtutu.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...