Os segredos de uma encantadora de bebês - parte II

Quem é o seu bebê?

Você chegou em casa com seu bebê e não faz a menor ideia do que fazer, o que ele precisa, o que ele quer quando chora, será que é frio ou está com fome?

Calma!

O teste abaixo vai te ajudar a entender um pouco mais sobre seu bebê e como lidar com as necessidades dele.

Papel e caneta em mãos? Então vamos lá!

1. Seu bebê:
a) raramente chora
b) chora apenas quando está com fome, cansado ou superestimulado
c) chora sem motivo aparente
d) chora muito alto e, se não o atende logo, começa a berrar
e) chora a maior parte do tempo

2. Na hora de dormir, seu bebê:
a) fica tranquilo no berço e logo dorme
b) em geral, pega no sono facilmente dentro de 20 minutos
c) reclama um pouco e parece sonolento, mas não dorme muito
d) é muito agitado e geralmente precisa ser envolvido em um cobertor ou embalado no colo
e) chora muito e parece não gostar de ser colocado no berço

3. Quando acorda, de manhã, seu bebê:
a) raramente chora - ele fica brincando no berço até eu chegar
b) murmura e olha ao seu redor
c) precisa de atenção imediata, senão começa a chorar
e) grita
f) choraminga

4. Meu bebê sorri:
a) para tudo e para todos
b) quando estimulado
c) quando estimulado, mas à vezes começa a chorar minutos depois de sorrir
d) muito e também é muito vocal: ele tende a fazer ruídos muito altos
e) apenas em determinadas circunstâncias

5. Quando escuta um ruído muito alto, como um cachorro latindo ou uma porta batendo, seu bebê: 
a) nunca se incomoda
b) percebe, mas não se incomoda
c) fica visivelmente assustado e, em geral, começa a chorar
d) também faz um ruído alto
e) começa a chorar

6. Normalmente a linguagem corporal do seu bebê é:
a) relaxada e alerta
b) relaxada na maior parte do tempo
c) tensa e muito relativa aos estímulos externos
d) desajeitada - ele bate muito os braços e as pernas
e) rígida - seus braços e suas pernas geralmente são inflexíveis

7. Quando amamenta seu bebê, ele:
a) começa a mamar imediatamente - foi bem fácil desde o primeiro dia
b) demorou um ou dois dias para mamar direito, mas depois ficou tudo bem
c) sempre quer mamar, mas ocasionalmente larga o seio, como se tivesse esquecido como fazer
d) alimenta-se bem desde que você o segure do jeito que ele quer
e) fica muito bravo e agitado, como se não tivesse leite suficiente para ele

8. Quando um desconhecido simpático conversa com ele, seu bebê:
a) sorri imediatamente
b) fica um pouco sério e depois geralmente sorri
c) quase sempre chora, a menos que o desconhecido consiga conquistá-lo
d) fica muito assustado
e) começa a chorar

9) Seu bebê:
a) distrai-se por um longo período observando um único objeto, até mesmo as barras do berço
b) consegue brincar sozinho por cerca de 15 minutos
c) tem dificuldade para divertir-se em um ambiente desconhecido
d) precisa de muito estímulo para se distrair
e) não se distrai facilmente com alguma coisa

10) Quando vai a uma reunião familiar e muitas pessoas querem segurá-lo, seu bebê:
a) é muito adaptável
b) é bastante seletivo em relação a quem deseja segurá-lo
c) chora facilmente se muitas pessoas o segurarem
d) pode chorar ou até mesmo tentar se afastar dos braços de alguém se não se sentir confortável
e) recusa-se a ir com qualquer pessoa que não seja a mamãe ou o papai

Pronta para o resultado?

A letra que você marcou mais vezes dirá qual tipo de bebê é o seu:

A = bebê Anjo
B = bebê livro-texto
C = bebê sensível
D = bebê enérgico
E = bebê irritável

Agora conheça um pouco mais sobre as características do seu bebê (extraído do livro: Os Segredos de uma Encantadora de Bebês, escrito por Tracy Hogg e Melinda Blau). 

O bebê ANJO

Como era de se esperar, esse é o tipo de bebê que todas as mulheres grávidas pela primeira vez imaginam que vão ter: um verdadeiro sonho. Esse é um bebê doce, eternamente sorridente e muito pouco exigente. Suas dicas são fáceis de interpretar. É possível que você encontre seu bebê todos os dias pela manhã brincando no berço, conversando com um bicho de pelúcia.

Um bebê anjo quase sempre consegue se acalmar sozinho; mas, se estiver muito cansado, basta aconchegá-lo um pouco e dizer: "Eu estou vendo que você está muito cansado". Depois, cante uma canção de ninar, deixe o quarto confortável, escuro e silencioso, logo ele dormirá.

O bebê LIVRO-TEXTO

Esse é o bebê previsível, sendo muito fácil lidar com ele. O bebê consegue expressar o que sente, não existem muitas surpresas com ele. Ele chega aos marcos exatamente de acordo com o previsto - dorme a noite toda aos 3 meses de idade, consegue rolar aos 5 e senta-se aos 6. Seus marcos de crescimento parecem um relógio. Com apenas 1 semana de vida já consegue brincar sozinho por um curto período - 15 minutos aproximadamente - murmura bastante e fica olhando ao redor. 

O bebê livro texto costuma sorrir quando alguém sorri pra ele. Embora se aborreça com algo, é fácil acalmá-lo. Também não é difícil fazê-lo dormir.

O bebê SENSÍVEL

Para um bebê sensível, o mundo parece uma série interminável de desafios sensoriais. Ele se assusta com o roído de uma motocicleta passando pela rua, com os sons da TV, com o cachorro do vizinho latindo. Ele pisca ou tenta afastar o rosto de uma luz forte.

Às vezes chora sem motivo aparente, mesmo quando está sozinho com a mãe. Nesses momentos, ele está tentando dizer em sua linguagem de bebê: "Eu já estou cansado, preciso de um pouco de paz e silêncio". 

Frequentemente, fica irritado depois de algumas pessoas o segurarem ou depois de passear.

Já que esse bebê gosta muito de sugar, a mamãe pode interpretar mal suas dicas e pensar que ele está com fome, quando uma chupeta poderia acalmá-lo. 

Durante as sonecas e à noite, bebês sensíveis tem dificuldade de pegar no sono e facilmente saem dos horários programados. Uma soneca muito longa, o fato de pular uma refeição, uma visita inesperada, uma viagem, qualquer evento novo pode deixar esse tipo de bebê desesperado.

Para acalmar o bebê sensível você terá que "recriar o ventre": envolva-o em um cobertor, aconchegue-o no seu ombro, sussurre perto do ouvido dele ritmicamente um chiado que lembre o da água fluindo ao redor dele, como era no ventre e dê tapinhas em suas costas, imitando o ritmo cardíaco (isso acalma a maioria dos bebês). 

Para que tudo dê certo, mantenha a rotina em perfeita execução, nada de surpresas!

O bebê ENÉRGICO

Esse é o bebê que parece sair do ventre sabendo do que gosta e do que não gosta, ele não hesita mostrar isso a todos. Bebês enérgicos são muito vocais e, à vezes, chegam a parecer agressivos. 

Pela manhã, frequentemente, chama pelos pais aos gritos após acordar. Ele detesta ficar com a fralda suja e comunicará "troque-me" vocalizando violentamente seu desconforto. Costuma balbuciar muito e bem alto.

Sua linguagem corporal tende a ser um pouco desajeitada. À noite, precisa ser envolvido em um cobertor para dormir, porque seus braços e pernas ficam se debatendo e o deixam super estimulado.

Quando começa a chorar e o ciclo não é interrompido, parece chegar a um ponto do qual não há retorno: seu estado de choro vai se prolongando até atingir um estado de raiva extrema. 

Um bebê enérgico provavelmente segurará a mamadeira em idade prematura; ele também percebe os outros bebês antes que o percebam e, assim que tiver idade para desenvolver uma preensão boa e firme, pegará também os brinquedos dos outros.

O bebê IRRITÁVEL

Até parece que esse tipo de bebê é absolutamente amargo, ou está bravo com o mundo e mostra isso claramente. Ele choraminga todas as manhãs, não sorri muito durante o dia e fica inquieto na hora de dormir.

Sua mãe tem muita dificuldade em manter as babás, porque elas tendem a levar o mal humor desse bebê para o lado pessoal.

No início, ele detesta tomar banho e, cada vez que alguém tentava trocá-lo ou vesti-lo, ele se torna impaciente e irritado. Se o fluxo de leite é lento, a amamentação se torna um momento de estresse, muitas mães desistem da amamentação quando tem bebês irritáveis.

Para acalmar um bebê irritável, os pais precisam ser pacientes, porque esse bebê fica muito bravo e seu choro é particularmente longo e alto. O chiado no ouvido dele precisa ser mais alto que o choro para que ele se acalme. Ele odeia ser envolvido em cobertores e você percebe isso rapidamente.

Se o bebê irritável tiver uma crise, diga: " Esta tudo bem, está tudo bem, está tudo bem", de uma forma rítmica, enquanto o acalenta suavemente de frente para trás.

Então, clareou um pouco pra você?

O meu Samuel é uma mistura, um pouco Livro-texto e um pouco sensível. Se a rotina for cumprida certinho, tudo fica bem! Se ele não tira a soneca da tarde ou dorme pela manhã e passa da hora do almoço é um Deus nos acuda rs.

Super recomento a leitura desse livro!

Em breve trarei mais dicas dele ;)

Bjs






8 comentários:

  1. Amei esse texto, compartilho com minhas amigas! As dicas e informações são bem completas e muitíssimo importantes pra gente identificar o tipo de bebê que temos! Ótimo post!

    ResponderExcluir
  2. adorei rsrsrsrs vou compartilhar agora com a minha cunhada que está grávida. Bora identificar e entender o/a baby né gente

    ResponderExcluir
  3. Já li o livro, mas para mim é bem difícil encaixar o bebê nessas categorias...

    ResponderExcluir
  4. Que bacana, adorei. Vou passar para minhas amigas gravidinhas !

    ResponderExcluir
  5. O meu é o Bebe Livro Texto, adorei fazer o teste.

    ResponderExcluir
  6. Adorei o teste, com certeza passarei para minhas amigas mães e futuras mães.

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Pena que não tenho mais bebê em casa para ver a categoria em que se enquadra kkkk

    ResponderExcluir
  8. Achei ótimo!!! Sou doida pra ler todo o livro!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...